LUÍS GOMES: POR QUE 2018 É TÃO ESPERADO?

Luís Gomes/RN – Como é costume dizer, ano novo traz vida nova. Muito simplista, uma vez que nada muda, se você não mudar! Isso mesmo: mais que um ano novo, as pessoas devem focar numa alma nova. Luís Gomes precisa incorporar esse espírito.
Caríssimos leitores, do jeito que as coisas andam, a gestão municipal ‘ora’ para que o ano em curso acabe logo, que ‘um novo tempo’ se estabeleça, que novos ares diminuam esse tempo de angústia. Da mesma forma, muitos cidadãos luís-gomenses esperam por um ano bem melhor, mais digno e inclusivo.
Enquanto não tocam os sinos de Natal e o Réveillon não brinde 2018, ainda existem desafios a serem enfrentados em um ano bastante desgastante, repleto de dificuldades. É preciso fechar as contas para balanço, é necessário que se faça uma reflexão profunda dos acertos e erros, é condizente se planejar melhor para uma nova etapa de grandes desafios.
Em relação ao fim de 2017, muitas perguntas podem ser feitas: Todos os salários, inclusive décimo terceiro, serão pagos a tempo tanto para os servidores estáveis quanto para os comissionados? E os enfeites natalinos pela cidade? Se vai ter festa? Não se sabe. Se vai ter fogos? Não se sabe. Se serão renovados contratos com servidores não estáveis? Não se sabe. O champagne será farto? Para alguns, talvez.
A vontade indomável de que janeiro chegue o mais brevemente possível, indica o quanto a atual equipe de trabalho, da gestão municipal, chegou ao seu limite, seja pela anemia financeira, pelo estresse do acúmulo de problemas, pela fadiga de uma realidade difícil, desmotivação por conta da falta de organização e pela apatia dos resultados.
A justificativa está nas críticas e na quebra de expectativas da população. Se esperava mais de quem poderia encarnar um olhar mais sensível, mais dinâmico e que poderia trazer ideias novas.  De modo que, aspirava-se mais justiça social, eficiência nos serviços e menos impostos sobre os ombros dos luís-gomenses.
Inegavelmente, o ano de 2018 é ansiosamente aguardado pela administração municipal. Um ano mais gordo que pode ser a solução de vários entraves. Pode ser a solução, mas não a salvação. Se é que se pode dizer assim. Esta depende de um planejamento e uma avaliação contínua. Porque dinheiro sem planejamento não muda a realidade.
O próximo exercício financeiro vai ser mais generoso, especialmente por dois motivos. Primeiro, em virtude do aumento dos repasses do FPM. A partir do ano que vem, Luís Gomes passa do coeficiente 0,6 para 0,8 em relação ao Fundo de Participação dos Municípios. Isso porque o município atingiu o número de 10.211 habitantes, segundo estimativa do IBGE. Em termos diferenciais, apenas nesse quesito, o município terá um aumento aproximado de quase um milhão de reais nos cofres públicos. Em se tratando de um lugar pequeno, é um acréscimo que faz muita diferença. O segundo aspecto é em relação a política de atualização e regularização de impostos municipais, com destaque para o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ISS (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) e ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Inter Vivos) que, certamente, irão ampliar ainda mais o caixa da atual gestão.
Portanto, o próximo ano promete ser mais favorável a todos, gestores, órgãos e população, uma vez sendo bem alinhados e executados os recursos, com vistas aos planos municipais, especialmente o Plano Plurianual (PPA), a promoção do crescimento econômico por meio do plano de obras, do turismo, da agricultura (com um inverno favorável), do comércio, do pequeno empreendedor e demais meios prolíferos.
Que as luzes natalinas iluminem e guiem os processos decisórios e o futuro dos luís-gomenses. Que os males sejam vencidos, os erros corrigidos, os frutos colhidos e que todos tenham muito mais motivos para comemorar, para festejar do que para reivindicar.
Foto: Norma Lemos.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.

DESEMPENHO ESCOLAR EM SUAS MÃOS

Em mundo cada vez mais digital e tecnológico, as possibilidades de uso inteligente de ferramentas de comunicação e transparência podem ser aliadas da comunidade escolar, especialmente dos pais e alunos, num processo contínuo de monitoramento do desempenho nos estudos.  
Dessa feita, os pais luís-gomenses com filhos matriculados na rede estadual de ensino potiguar, pode acompanhar as informações do desempenho dos filhos no ano letivo, a partir de aplicativo desenvolvido pela Secretaria de Educação do Estado.
"Desde a última sexta-feira (10), os pais de alunos da Rede Estadual de Educação podem acompanhar o desenvolvimento escolar dos estudantes através de aplicativo. O SIGEduc Familiar, desenvolvido pela equipe do Grupo de Processamento de Dados da Secretaria Estadual de Educação e Cultura do RN, disponibiliza para os pais dados como notas, frequências e disciplinas ministradas em sala de aula durante o ano letivo nas escolas.
O SIGEduc é uma ferramenta de acesso dos alunos, e agora, dos pais. Cada estudante, assim como os pais, receberam um usuário e senha para acessar o canal de informação. Todos os estudantes da rede já possuem acesso ao programa, implantado no ano de 2014, por meio do Sistema Integrado de Gestão da Educação, da Secretaria Estadual de Educação e Cultura.        
O aplicativo permite a informatização cada vez mais avançada do sistema de educação e pretende expandir o benefício da ferramenta nos próximos anos. “Essa é uma iniciativa de grande importância para os pais, alunos e também para a secretaria. Antes essa tecnologia só era presente em escolas particulares, hoje, os nossos estudantes e seus familiares também podem contar com esse serviço”, destacou Ana Paula Oliveira, coordenadora do Grupo de Processamento de Dados, da SEEC.      
Para Cláudia Lima, mãe de Iara que cursa o primeiro no do ensino médio, o aplicativo contribui para a aproximação dos pais com a escola. “Agora vou conseguir acompanhar mais de perto as atividades da escola como o boletim e poder ajudá-la a recuperar alguma nota se for preciso. Consigo também acompanhar se ela está em sala de aula e isso me dá mais segurança”, declarou.
O aplicativo encontra-se disponível na Google Play e pode ser baixado por todos os pais de alunos da Rede Pública. Para instalar, basta conectar o celular à internet e baixar o aplicativo. A partir daí o usuário já terá acesso as informações disponibilizadas pela ferramenta".
Fonte: Assecom/RN.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.
Comente, compartilhe e curta nossa página: https://www.facebook.com/luisgomesrnbrasil

QUAL O FUTURO POLÍTICO DE LUÍS GOMES?

Apesar das instabilidades, hoje o município de Luís Gomes possui dois grandes blocos políticos, constituídos por lutas históricas, objetivos solidarizados, sonhos compartilhados e seguidores. Ambos exercerem a plenitude do poder através da decretação do voto popular e, em meio a alguns méritos, a avaliação global da governabilidade é considerada, tanto pelos formadores de opinião, como pelas vozes das ruas, abaixo das expectativas.
De um lado, o centro político tem como epicentro a figura de Francisco Tadeu, com reconhecido trabalho social e político, apesar de estar aparentemente ‘adormecido’ nos dias atuais. Depois de algumas frustações conseguiu assumir a cadeira máxima do executivo em outubro de 2.011, com o discurso de mudança e de quebra de uma oligarquia que liderava a municipalidade a mais de quatro décadas.
Entretanto, o sonho foi maior que a realidade. Um governo marcado pelo improviso, pelo imediatismo, pela falta de liderança, pela incapacidade de colocar em prática o discurso do palanque, sucumbiu aos próprios erros, alguns tolos, outros pela falta de planejamento e organização. Saiu do poder com uma mão na frente e outra atrás, por meio de uma cassação histórica, de abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágios.
De outro lado, o bloco que se congrega na pessoa de Pio X Fernandes, prefeito constitucional de Luís Gomes por três mandatos. Incapacitado de concorrer aos pleitos eleitorais, por complicações judiciais em atos ilícitos. Com a intenção de manter o controle do poder, promoveu as campanhas vitoriosas de Carlos José Fernandes e, da atual prefeita, Mariana Fernandes.
Contudo, o sucesso de outrora dessa corrente política não teve mais o mesmo brilho e o mesmo impacto sobre a sociedade. Em meio à crise, as dificuldades financeiras e uma pressão enorme do próprio “técnico”, Carlos José Fernandes renunciou ao cargo. Fogo amigo? Enfim, o projeto ruiu mais pela falta de entendimento entre partidários da linha de frente. Igualmente escalada, atualmente, Mariana Fernandes, como diria o bom nordestino, tem penado para seguir com a sua administração, com críticas e denúncias que se avolumam, inclusive do seu “braço direito”, o vice-prefeito Luciano Pinheiro.
Nesse momento, a situação é quase insustentável, muito por causa de vícios do passado que continuam a atormentar o presente, acúmulo de dívidas, falta de solidez nas contas públicas, defasagem estrutural, descultura da eficiência e do cumprimento fiel das regras, seja pelo governo, pelo entorno, por servidores, sem generalizar. Muito tem imperado a política de centralidade, de corporativismo, de patriarcalismo/clientelismo, de favores, de projeções futuras de base e sustentação política. É preciso romper as correntes do nepotismo, implodir a subserviência leniente dos legisladores para com as petições executivas, reorganizar as admissões públicas por meio de concurso público, rever a crise que aflige a tantos e propor medidas para resguardar e proteger a população.
Qual seria o futuro político de Luís Gomes? Insistir nos mesmos sistemas políticos? Recolocar velhas figuras no comando central? Repetir os mesmos projetos de governo? Quando as coisas não vão bem, o caminho mais indicado é a mudança, mesmo não sendo garantia de nada, é a perspectiva mais sensata diante de sucessivos erros de um jeito de comandar ultrapassado, baseado em amizade, em coleguismos, em troca de favores, nepotismos, em projetos de poder, entre outros.
A resposta não é tão simples e nem precisa ser ansiosa. Ainda há tempo para pensar com calma e lucidez a quem podemos confiar a nobre responsabilidade de liderar os destinos do povo luís-gomense. O ideal seria o surgimento de candidatos fora desses velhos blocos saturados, cheios de vícios e fichas sujas, com uma energia e uma disposição novas, mais suscetíveis as leis, a eficiência e ao clamar do povo.
De qualquer forma, vivemos um momento de impactante aprendizagem sobre os conceitos de liderança, projeto político, capacidade, escolha, confiança, responsabilidade, senso crítico, empatia, eficiência. Espera-se que o sofrimento e os erros de um passado não tão distante e do momento presente sirvam de uma lição edificante para um futuro breve. Fica a dica, administrar, entre outras coisas, é ter visão estratégica, é ter atitude, é realizar o sonho dos outros, é nunca acumular problemas, é saber delegar, é pôr fim a incompetência e promover a ordem, é valorizar o planejamento, é lidar com estranhos (é mais produtivo liderar e trabalhar com ‘estranhos’ do que com parentes e próximos), é garantir um alto nível de profissionalismo.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.

TUDO É DO PAI

Eu pensei que podia viver, por mim mesmo / Eu pensei que as coisas do mundo / Não iriam me derrubar / O orgulho tomou conta do meu ser / E o pecado devastou o meu viver.
Fui embora, disse: ó Pai, dá-me o que é meu! / Dá-me a parte que me cabe da herança / Fui pro mundo / Gastei tudo / Me restou só o pecado / Hoje sei que nada é meu / Tudo é do Pai.
Tudo é do Pai / Toda honra e toda glória / É Dele a vitória / Alcançada em minha vida / Tudo é do Pai / Se sou fraco e pecador / Bem mais forte é o meu Senhor / Que me cura por amor.
Eu pensei que podia viver, por mim mesmo / Eu pensei que as coisas do mundo / Não iriam me derrubar / O orgulho tomou conta do meu ser / E o pecado devastou o meu viver.
Fui embora, disse: ó Pai, dá-me o que é meu! / Dá-me a parte que me cabe da herança / Fui pro mundo / Gastei tudo / Me restou só o pecado / Hoje sei que nada é meu / Tudo é do Pai.
Tudo é do Pai / Toda honra e toda glória / É Dele a vitória / Alcançada em minha vida / Tudo é do Pai / Se sou fraco e pecador / Bem mais forte é o meu Senhor / Que me cura por amor.
Por Padre Fábio de Melo.
Composição: Frederico Cruz.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.

PÔR EM PRATOS LIMPOS

Luís Gomes/RN – O pronunciamento do vice-prefeito, Luciano Pinheiro, na tarde de hoje, em programa de Jota Grandão, na Rádio Mandacaru, em termos de conteúdo, não causou nenhuma surpresa. As afirmações de falta de planejamento, de crise institucional, de organização governamental, de decisões precipitadas, de carências financeiras e de recursos, são de conhecimento público e, por diversas vezes, mencionadas no Portal Luís Gomes RN.
De um certo modo, a fala do vice-prefeito soou em tom de desabafo e indignação, em relação a uma lista grande de coisas fora do prumo, de decisões mal encaminhadas, muitas delas em desacordo às suas orientações. O discurso foi contundente em termos de detalhamento, sobre uma série de coisas que são discutidas nos bastidores e seguem sem solução ou vontade política de resolver.
Pela minúcia, o trecho que mais impactou foi a respeito do funcionalismo público. O vice-prefeito foi categórico ao afirmar que a crise é gigantesca, em grande parte pela relação com os funcionários. Além do entrave histórico, existem casos, ainda segundo o entrevistado, de desvio de função, funcionários fantasmas, usurpação de cargo público, licenças ilegais e vencidas, subaproveitamento de servidores, contratações sem critérios em processos seletivos como o Criança Feliz e funcionários sem receber falta ou em regime de home office.
Luís Gomes precisa encontrar novos rumos, necessita de uma atitude firme de todos os envolvidos, clama por mudanças estruturais e imediatas. Do jeito que as coisas caminham, continuaremos a comprometer não só o presente, como também o futuro do povo luís-gomense.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.
Comente, compartilhe e curta nossa página: https://www.facebook.com/luisgomesrnbrasil

LUÍS GOMES: PELO FIM DO CLIENTELISMO

A sociedade luís-gomense, historicamente, quase sempre manteve uma postura apática frente às questões políticas, administrativas, decisórias. As vitórias mais democráticas foram conquistadas tardiamente, com o protagonismo do judiciário, incentivado pela modernidade que o tempo impelia. Certamente, alguns arroubos e anarquismos momentâneos ocorreram, com o calor de situações mais tensas. Nada sistemático e transformador...
O povo de Luís Gomes, por muito tempo, pouco se apercebeu de sua força e de seu poder no processo democrático e institucional. Tanto é que não possui um histórico de lutas e conquistas diretas e importantes para a transformação social, no rumo que as vozes das ruas deviriam apontar. Por que demoramos tanto para promulgar as eleições escolares? Por que, até pouco tempo, a população não sabia o que era orçamento participativo? Por que os termos plebiscito e referendo não povoam a memória das pessoas dessas plagas? Qual o legado de independência, criticidade, participação ativa, espírito cidadão, foi deixado para essa e as próximas gerações?
Na verdade, o que imperava era um completo desequilíbrio entre instâncias de poder e a população, distante da máxima que “o poder emana do povo”. Diante disso, a prática de paternalismo, clientelismo e ruptura democrática ditavam a rotina política e gerencial do município.
Hoje, a mentalidade é outra e as regras também. A comunidade está com a mente mais aberta para um novo estado de coisas, mais transparentes, democráticas e equilibradas. A lei da ficha limpa, a obrigatoriedade de transparência e publicidade, a lei de acesso a informação, o controle social, o orçamento participativo, a prestação de contas, a lei de responsabilidade fiscal e prudência na gestão da coisa pública. Tudo isso contribui para uma sociedade mais consciente, mais participativa e fiscalizadora, mas que ainda precisa abraçar todo a sua supremacia no jogo popular, progressista e democrático.
Muitos ainda têm medo e receio de exercer a plena cidadania, de realizar cobranças, de emitir denúncias, de cobrar pela correção de atos e omissões, muito em parte pela cultura arraigada do servilismo, clientelismo, indulgência, submissão, troca de favores. É o temor de perder algumas vantagens, o medicamento, a cirurgia, o frete, a ordem de serviço, o apoio, a aparição em público em condição favorável ou de destaque.
Entretanto, as pessoas precisam abandonar essa perspectiva inglória. Nada disso são favores, ou gentilezas, ou benevolências... Tudo isso é obrigação, é dever, é direito da sociedade. Até quando seremos reféns do toma lá, dá cá? Até quando diversas pessoas continuaram a se subjugar a “benesses e indultos”? É preciso minar todos os aparatos e mecanismos que infringem a conduta mais adequada de relação entre governantes e governados, inclusive cargos comissionados, contratados, vínculos de interesse e nepotismos.
Assim, é possível administrar e ser cidadão com maior eficiência, executar um planejamento mais assertivo, evitar vícios e exageros e promover respostas para o crescimento, sustentabilidade, competência, legalidade, transparência e o tão sonhado sucesso.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.

COMO POSSO ME CALAR?

Luís Gomes/RN – Nessas últimas horas, a página da Folha Regional publicou uma matéria antevendo um possível rompimento do atual vice-prefeito, Luciano Pinheiro, com o atual sistema político de Mariana Fernandes, por causa de alguns desencontros e desentendimentos. Por sua vez, o Portal Uiraúna em Foco, em contato com o petista, contradisse a primeira matéria, negando qualquer desligamento com a sua parceira.
Diante disso, as redes sociais não paravam de questionar possíveis desdobramentos, o vislumbre de novos acontecimentos políticos, a reordenação das forças político-partidárias, a busca de agitar os bastidores políticos, diante de uma crise administrativa e financeira que assola o município serrano. Houve também quem mencionasse uma frase marcante nas terras luís-gomenses: “Como Posso Me Calar”, fazendo referência a militâncias do passado, sonhos de outrora. Porém, as jogadas políticas, na escalada do poder, buscam todas as formas de ascender ao topo...
Na verdade, o atual vice-prefeito não afirmou nada em relação a uma possível ruptura com Mariana Fernandes, nem ao menos fez menção até o presente momento, porque tudo não passou de boatos e suposições, na tentativa de colocar um pouco mais de ‘pimenta’ no conturbado momento político e governamental de Luís Gomes.
O Portal Luís Gomes RN entrou em contato com Luciano que se mostrou surpreso com as conjecturas: “Passei a manhã visitando às comunidades rurais e quando cheguei meu telefone estava cheio de mensagens me cobrando explicações sobre esses comentários.  É verdade que muita coisa tem me preocupado na administração, algumas que abertamente sempre me posicionei contra, mas o Partido dos Trabalhadores ainda não tratou desse assunto”.
A comunidade percebe algumas atitudes do comando central, especialmente em relação ao atraso de pagamentos e alguns processos licitatórios, sem contar posicionamentos de alguns camaristas que seguem fielmente as orientações da chefia local. Luciano mostrou-se preocupado com o andamento das coisas e disse que o caminho mais profícuo é o diálogo: “Faz dias que tento falar com Paulo Cruz para avaliar algumas situações ocorridas na administração, inclusive na Secretaria de Agricultura que está ligada ao partido. Ainda tenho esperança que o diálogo é o caminho mais interessante para procurar solução para os muitos problemas que temos”.
Por fim, o vice-prefeito deixou claro que é bastante atuante em relação a posição que ocupa, fazendo as cobranças devidas, apesar de nem sempre serem consideradas: “Aquilo que eu não concordo deixo bem claro em reuniões ou conversas que procuro ter com a mesma (prefeita), geralmente uma vez por semana. Infelizmente nem sempre as minhas preocupações têm sido respeitadas e isso tem me deixado muito triste e preocupado”.
De todo modo, a possibilidade de rompimento entre PT e PMDB em Luís Gomes, diante do exposto, parece distante em termos factuais. As eleições municipais ainda estão distantes, o que impediria uma mobilidade e transição política mais enfática, no momento atual. Entretanto, a sucessão de decisões unilaterais e equivocadas pode gerar problemas que suplantariam o próprio futuro político dos atuais gestores.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.

LUÍS GOMES: UMA RESPOSTA DOS VEREADORES

Luís Gomes/RN – A presidente da Câmara Municipal divulgou convocatória para Reunião Ordinária, a acontecer no próximo dia 17 de novembro, a partir das 19 horas, no Plenário da Egrégia Casa do Povo. É chegada a hora de ver o posicionamento dos parlamentares luís-gomenses diante de questionamentos e polêmicas envolvendo o poder central e a administração direta.
A população quer saber, ansiosamente, a posição dos dignos representantes do povo sobre uma série de acontecimentos que tratam sobre farmácia básica, distribuição de água, revitalização de espaços públicos, atrasos nos pagamentos dos servidores e, principalmente, o que tange a condução de alguns processos licitatórios.
Mais do que estar democraticamente constituído do cargo, os representantes têm a missão de corresponder ao interesse da coletividade e exprimir o sentimento das ruas. Sendo assim, a comunidade quer saber o ponto de vista dos camaristas sobre esses eventos que intensificam a crise no município e os responsáveis.
Em relação aos vícios observados em alguns processos licitatórios, cabe a Augusta Casa um posicionamento firme e altivo, nada de baixar a cabeça, pois o que está em jogo é o dinheiro público, que deve ser usado com justiça e eficiência.
Certamente, muitos munícipes estarão acompanhando a reunião, in loco ou pelo facebook, para compreender o grau de comprometimento de cada parlamentar e perceber aqueles que servem ou não aos interesses do povo. Até porque a comunidade está cansada de tantas queixas, dificuldades e anomalias. É tempo de cobrar de uma administração já estabelecida, com tempo suficiente para implantar sua filosofia de trabalho e as mudanças necessárias.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.
Curta nossa página: https://www.facebook.com/luisgomesrnbrasil

LUÍS GOMES: MAS SERÁ O BENEDITO?

Mais uma licitação pode terminar nas mãos do Ministério Público Estadual. Do início do ano para cá, foram vários certames com vícios, sendo boa parte deles arrumada através de erratas. Já no caso inédito da Água Mineral, o processo foi desfeito.
Hoje, ao perceber a publicação de um pregão para o fornecimento de alimentos para as secretarias do município, os internautas mais atentos questionaram sobre o endereço e a sede do restaurante que venceu o certame.
Não demorou muito a população descobriu o endereço, a proprietária e a única unidade da empresa. O mais grave é que, possivelmente, a proprietária seja parente de primeiro grau de uma secretária do município, algo proibido por lei.
Outro ponto observado pelos internautas foi a quantidade de refeições.
Se o valor dos contratos foi de R$ 74.400.00 (setenta e quatro mil e quatrocentos reais) e custando em média R$ 12.00 (doze reais) uma refeição em qualquer comércio do ramo, a prefeitura terá que fornecer para seus funcionários cerca de 6.200 (seis mil e duzentos) refeições daqui para o final do ano, haja vista, os contratos licitatórios têm validade até dia 31 de dezembro de cada ano.
Como estamos a 45 dias para acabar o ano, é preciso um consumo de aproximadamente 137 refeições por dia, contando os sábados e domingos.
Caso seja confirmado esses levantamentos, cabe aos interessados levar mais uma denúncia ao Ministério Público do Estado e abrir mais uma investigação por uso indevido do dinheiro público.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.

LUÍS GOMES: O TIRO SAIU PELA CULATRA

A pouco mais de um mês, o Portal Luís Gomes RN havia feito denúncia de uma possível licitação superfaturada de água mineral, celebrada entre a Prefeitura Municipal e a empresa E F Vieira de Oliveira. Os termos que regiam o contrato eram incompatíveis com uma celebração responsável com o interesse da comunidade.
De acordo com o que foi investigada, a licitação de água mineral sem gás seria no valor de R$ 104.400,00 para um total de 18.000 unidades. A partir desses valores, cada garrafão de 20 litros sairia ao preço de R$ 5,80 (cinco reais e oitenta centavos), superior ao preço comercializado na praça, que varia entre R$ 4,00 a R$ 4,50.
O que daria uma diferença à maior de R$ 1,80 (um real e oitenta centavos), em relação às vendas praticadas no comércio local e circunvizinho. Os argumentos eram convincentes e passíveis de questionamentos e repreensão, especialmente, pelo Ministério Público.
Os indícios, e depois as evidências, de farra com recursos públicos ganharam notoriedade e uma repercussão regional. Dias depois a prefeita de Luís Gomes divulgou nota oficial de que o processo licitatório passaria por uma auditoria interna, para investigar as supostas alegações de irregularidade.
Até que ontem, através do Diário Oficial, Ano XII - nº 886, a atual gestão decidiu anular (Distrato referente ao contrato nº 2017.08.25.001.01) o contrato com a empresa vencedora, alegando que foi um pedido do próprio fornecedor (Art. 21, do Decreto Federal de 7.892/2013). Entretanto, sabemos que o motivo do cancelamento ocorreu por conta de superfaturamento em processo de contratação de água mineral.

PORTAL LUÍS GOMES RN – O melhor e mais completo veículo de notícias, opinião e informações do município. Portal de Opinião, Informação e Crítica.
Comente, compartilhe e curta nossa página: https://www.facebook.com/luisgomesrnbrasil