ADOLESCER PARA VENCER OS DESAFIOS DA VIDA MODERNA

“Vivemos em um mundo onde tudo tem preço, mas quase nada tem valor, e as poucas coisas que tem valor poucos sabem valorizar”. É a lógica capitalista: fazer as pessoas focaram na exterioridade (superficialidade) da vida.
Vivemos um mundo globalizado, competitivo, tecnológico, em que a lógica da velocidade e da lucratividade se sobrepõe a quase tudo, produzindo uma sociedade cada vez mais materialista e consumista.
A nossa juventude está num constante e ininterrupto limiar, isto é, entre o sucesso e o fracasso, entre a criação e a estagnação, entre a felicidade e a decadência, entre vitórias e derrotas... Competitividade, acirramento, pressão, incompreensão, vazio, massificação... 
Toda esta instabilidade é comum na vida moderna, amplamente móvel e transformadora, que instaura na vida das pessoas uma grande inquietação e grandes questionamentos. Um deles está ligado a inversão de valores, como se pode observar no quadro abaixo:
Uma rápida impressão de que tem valor e mérito aquilo que quebra as regras, aquilo que é banal, aquilo que não tem conteúdo, aquilo que é trivial. Impressão que está fora de moda o amor, o romantismo, o cavalheirismo, o respeito, as grandes obras, a experiência...
Assim, os grandes impasses ou entraves para a sociedade e para os adolescentes, em especial, estão ligados a questões como Imediatismo, Individualismo, Consumismo, Egoísmo, Comodismo, Ansiedade, Hedonismo, Frustração, Falta de Atitude.
Como mudar? Como atingir os objetivos de vida, mesmo diante de uma realidade avassaladora e desequilibrante? É necessário criar hábitos, um estilo de vida que leva a satisfação pessoal e profissional. Para isso, alguns elementos são imprescindíveis:
“Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer” (Mahatma Gandhi).