DIA DE PADRE RAIMUNDO OSVALDO ROCHA

Hoje é um dia de alegria e de comemorações. O reverendíssimo Sr. Padre Raimundo Osvaldo Rocha completa 85 anos de vida. Uma data memorável. Além de 57 anos de dedicação a vida sacerdotal e 14 anos no comando do executivo de Luís Gomes, o sacerdote foi um homem a frente de seu tempo, um homem de grandes qualidades e sempre pronto para servir com humildade e dedicação.
Pe. Osvaldo é um ícone, uma figura transcendental na história sociocultural e política de Luís Gomes. Seu nome jamais será esquecido e seus feitos lembrados por gerações e gerações.
Sempre carismático, de personalidade inabalável e uma atitude positiva ao diálogo e a caridade, o vigário inspira pela postura humilde e de uma fé descomunal. Pro Deus et Patria, era o lema de vida desse herói que em sua jornada se tornou um semeador de paz, amor e fraternidade.
Que a grandeza de Deus e o amor do Pai continuem a abençoar enormemente este homem que não baixou a cabeça para pessimismos e dificuldades da caminhada. Padre Osvaldo, ante hominem suum!

“Pe. Osvaldo, como é conhecido em todo o Estado do Rio Grande do Norte, nasceu no dia 4 de agosto de 1930, em Mutambeira, distrito de Santana do Acaraú/CE.
Ainda jovem e recém-ordenado, chegou ao município de Luís Gomes no dia 22 de dezembro de 1960, três anos após a sua ordenação e realização da sua primeira missa, que aconteceu no dia 29 de dezembro de 1957, em sua terra natal Mutambeira.
Paralelamente à sua formação religiosa, Pe. Osvaldo dedicou-se por muitos anos como professor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, UERN, e como diretor do Colégio Comercial Luís Gomes, fundado por ele e que hoje leva o seu nome, como uma forma do povo luísgomense retribuir uma das obras mais importante que ele trouxe ao município, sendo também a que ele mais tem orgulho de ter conseguido para o povo da terra que ele pretende permanecer até os dias finais de sua vida.
Além de exercer estas funções, religiosa e pedagógica, o reverendo ainda arrumou tempo para administrar a cidade de Luís Gomes por três mandatos, destacando-se como um dos melhores prefeitos do Estado. Trabalhou em prol dos mais pobres e dos mais necessitados durante quatorze anos, erguendo várias obras de grande relevância para o povo luísgomense, como o açude público Dona Lulu Pinto, um ícone de sua administração. Sem falar nas inúmeras obras que foram trazidas por ele durante os quatorze anos que ficou à frente da prefeitura. Porém, a vocação missionária é que tomou a maior parte do seu tempo.
Para o ex-prefeito Agnaldo Fernandes Dantas, o Pe. Osvaldo além de ser um grande evangelizador e um grande administrador, é também seu segundo pai. “Tenho o Pe. Osvaldo como meu segundo pai, pois foi ele que me deu todas as oportunidades de vida que tenho hoje”, comentou. (...)
Sobre a satisfação de viver em Luís Gomes, uma cidade longe do seu torrão natal, ele disse que se sente como um filho da terra. Apesar de não ter nenhum parente residindo nesta cidade. Disse também que é um homem muito alegre e satisfeito e considera a todos como irmãos. (...)

Para o ex-sacristão, ex-motorista e ex-secretário, Antonio de Pádua, o Pe. Osvaldo foi uma figura de fundamental importância para o desenvolvimento socioeconômico e cultural de Luís Gomes”. Crédito: Texto de Alguiberto Morais.