ADUTORA ALTO OESTE: UM SONHO QUE SE APROXIMA

Após quase três anos do início das obras, a Adutora do Alto Oeste finalmente foi concluída e já está em fase de testes. Mesmo diante de repetidos atrasos, de anos de paralisação e, consequentemente, a demora para seu término, ao que tudo indica, seus objetivos começam a vigorar. Um sonho que se aproxima, uma conquista do povo nordestino. 
De acordo com previsões de órgãos técnicos, dentre eles a própria Caern, é de que em um prazo máximo de 90 dias, a água chegue por meio da adutora até a cidade de Luís Gomes. Uma notícia excelente. Um sonho de muitos...
A adutora do Alto Oeste se estende por quase 320 quilômetros. Segundo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Rio Grande do Norte (SEMARH), a obra custou R$ 154 milhões, sendo R$ 35 milhões de contrapartida estadual.
Ter novamente água nas torneiras, antes algo tão banal, hoje é motivo de grande conquista. Por isso, esse bem precioso necessita de toda a nossa atenção e zelo. Desperdício zero. Em Serrinha dos Pintos, cidade distante 50 km de Luís Gomes, já começaram os testes de ligação do sistema da Adutora Alto Oeste.
O Sistema Adutora Alto Oeste é composto de dois sistemas independentes. Com água da barragem de Santa Cruz serão beneficiadas as cidades de Itaú, Rodolfo Fernandes, Tabuleiro Grande, Riacho da Cruz, Umarizal, Olho D’água dos Borges, Lucrécia, Frutuoso Gomes, Antônio Martins e João Dias. Com a água proveniente do açude de Pau dos Ferros serão beneficiadas as cidades de Luís Gomes, São Francisco do Oeste, Rafael Fernandes, Marcelino Vieira, Pilões, Alexandria, Tenente Ananias, Riacho de Santana, Água Nova, José da Penha, Major Sales, Paraná e Pau dos Ferros (Fonte: Paulo Freire – ACS Caern).