LUÍS GOMES: DIA MUNDIAL DO TURISMO

Dia 27 de setembro celebrou-se o Dia Mundial do Turismo e do Turismólogo. A atividade turística é inerente a cultura, sendo sinônimo de bem-estar, rentabilidade, diversificação econômica e produtiva, valorização de legado, recursos naturais e consciência ambiental.
Para algumas regiões e cidades é atividade econômica fundamental. Noutras, torna-se estratégico na ampliação e geração de emprego, renda e negócios. Por isso, ser imprescindível um planejamento turístico para “maximizar os benefícios socioeconômicos e minimizar os custos, visando o bem-estar da comunidade receptora e a rentabilidade dos empreendimentos do setor” (Débora Bulcão Oliveira).
Quem recebe deve promover o bem-estar e a satisfação do visitante, num ciclo que agrega, estimula e “movimenta as atividades locais, registra momentos e histórias, gera renda e espalha cultura” (Portal Brasil).
Em se tratando de Luís Gomes, pelo fato de possuir atributos geográficos e culturais privilegiados no cenário regional, atestam todo seu potencial estratégico para o desenvolvimento sustentável do turismo e fomentação de mecanismos para geração de emprego e renda.
Com opções como o Complexo Turístico Mirante, a cachoeira do Relo, eventos culturais, as festividades religiosas com destaque para a Festa de Senhora Santana, com um clima agradável serrano, com a hospitalidade e acolhimento do povo, certamente contribuem para o projeto de uma cidade verdadeiramente turística.
Sendo assim, os incrementos, as parcerias, os investimentos e a valorização de hotelaria, das belezas naturais e climáticas, de aspectos logísticos e financeiros são necessários para tornar esse potencial cada vez mais crescente, catalisador de recursos e de crescimento econômico e social para o município.