2.000 DIAS SEM ÁGUA NAS TORNEIRAS

Somente a capacidade de enfrentar as dificuldades e a resiliência diante de grandes desafios permitem que diversas comunidades sigam adiante, encontrem motivos para acreditar, renasçam a cada dia com um sorriso, com a coragem e com a esperança estampada no olhar.
Tem sido assim a rotina da maior parte dos municípios da região Nordeste, que enfrentam a pior seca de todos os tempos, em que um sem-fim de localidades fragilizadas pela voraz e insistente estiagem, que abala todas as estruturas, que impõe desafios subumanos e que mais parece um prenúncio apocalíptico.
Não tem sido fácil para centenas de municípios, a maioria situada na área conhecida como “Polígono das Secas”. Tomemos o caso do município de Luís Gomes/RN, localizado no Alto Oeste Potiguar, que desde outubro de 2.011 enfrenta um brutal e terrível colapso pela falta de abastecimento, completando no dia de hoje 2.000 (dois mil) dias sem água nas torneiras.
A pior seca de todos os tempos submete a população a estatísticas negativas desta envergadura. Luís Gomes foi o primeiro município do estado a interromper o fornecimento de água pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), uma empresa que atualmente se tornou imperceptível, praticamente invisível aos olhos das pessoas.
O Açude Dona Lulu Pinto, construído no ano de 1.981, com capacidade para armazenar um total de 1.286.000 m³, é o único manancial de Luís Gomes disponível para o abastecimento da população. Mesmo com as recentes chuvas não dispõe de condições mínimas para ser reativado e levar água de qualidade aos munícipes.
A década de 2.000 prenunciava um período delicado em relação ao abastecimento de água no município de Luís Gomes e regiões adjacentes. As precipitações pluviométricas marcaram forte declínio, por consequência da diminuição do volume do reservatório.
Em diversas ocasiões, mesmo que por períodos curtos, o abastecimento da população ou era inconstante ou era suspenso. Em 2006, por pouco, não se determina uma situação de crise hídrica, solucionada pelas chuvas ocorridas.